Caros utilizadores! Todos os materiais neste site são traduções de outros idiomas. Pedimos desculpas pela qualidade dos textos, mas esperamos que venham a tirar partido deles. Com os melhores cumprimentos, A administração do site. E-mail: [email protected]

Calvície feminina: tratamento e genética

É normal que as mulheres derramem alguns pêlos a cada dia, mas quando ocorrem manchas calvas ou afinamento, pode ser devido à calvície feminina.

O derramamento de cerca de 50 a 100 fios por dia é considerado normal, mas o novo crescimento normalmente substitui esses pelos. Se alguém tem calvície feminina, no entanto, o cabelo perdido não é renovado.

Neste artigo, examinamos as causas e os fatores de risco para a calvície feminina, assim como o tratamento e a prevenção.

O que é calvície feminina?

Calvície de padrão feminino no couro cabeludo da mulher.

Calvície feminina é um tipo de perda de cabelo que afeta as mulheres. O nome médico para a condição é alopecia androgenética.

Embora homens e mulheres possam ter queda de cabelo, ela não é tão difundida nas mulheres quanto nos homens e aparece de forma diferente.

Homens que têm perda de cabelo tendem a desenvolver uma linha fina e calvície receding. Mulheres com calvície de padrão feminino geralmente experimentam queda de cabelo em geral, o que afeta o volume de seus cabelos.

Nas mulheres, os primeiros sinais de calvície feminina podem ser uma parte mais ampla ou uma sensação de que o cabelo não parece tão espesso como de costume. Embora o couro cabeludo possa ser visível, a linha do cabelo geralmente não recua.

A perda de cabelo é menos frequente nas mulheres do que nos homens, mas ainda ocorre com frequência. A calvície de padrão feminino aumenta com a idade e menos de 50% das mulheres têm cabelo cheio por toda a vida.

Calvície de padrão feminino e o elo genético

A genética parece ser um fator significativo no desenvolvimento da calvície feminina, o que significa que ela é executada em famílias. As mulheres podem herdar o gene da calvície de ambos os pais.

A calvície de padrão feminino tende a ser mais comum à medida que a mulher envelhece e atinge a meia-idade, embora possa começar mais cedo.

Muitas vezes, desenvolve-se após a menopausa, por isso as alterações hormonais também podem ser um fator contribuinte.

Outras causas de perda de cabelo

Medicação em comprimidos.

Calvície feminina é amplamente pensada para ocorrer devido à genética. No entanto, também pode desenvolver devido a uma condição subjacente que afeta a produção do hormônio andrógeno.

O andrógeno é um hormônio que desempenha um papel na calvície padrão. Tumores da hipófise ou do ovário, que secretam andrógenos, também podem levar à perda de cabelo.

Outras causas de perda de cabelo em mulheres incluem:

  • Doença auto-imune: Alopecia areata é uma desordem auto-imune rara que faz com que o sistema imunológico ataque os folículos pilosos levando à perda de cabelo.
  • Medicação: certos medicamentos, como aqueles que são usados ​​para tratar o câncer, podem causar a perda de cabelo como um efeito colateral. No entanto, o cabelo geralmente reaparece quando a pessoa parou de tomar a medicação.
  • Doença: A perda de cabelo pode se desenvolver após uma doença significativa, como uma infecção grave, febre alta ou cirurgia.
  • Alopecia de tração: é a perda de cabelo que ocorre quando uma pessoa frequentemente usa penteados que puxam o cabelo com muita força.

Tratamento

O tipo de tratamento recomendado dependerá da extensão da queda de cabelo, além de outros fatores.

O tratamento para a calvície de padrão feminino pode ajudar a prevenir a perda de cabelo futura e pode resultar no crescimento de alguns cabelos. Na maioria dos casos, o tratamento a longo prazo é necessário para prevenir a recorrência da queda de cabelo.

Opções de tratamento incluem:

Minoxidil

O minoxidil é um medicamento tópico que é usado para tratar a perda de cabelo em homens e mulheres. O tratamento é aplicado no couro cabeludo todos os dias e pode estimular o crescimento do cabelo, bem como evitar o enfraquecimento do cabelo.

O minoxidil pode levar de 6 meses a um ano para produzir resultados visíveis e não funciona para todos. Os efeitos colaterais podem incluir ressecamento, vermelhidão e coceira. Perda de cabelo pode retornar depois que uma pessoa pára de usar o produto.

Uma marca bem conhecida do Minoxidil é a Rogaine, que está disponível para compra em muitas farmácias e on-line.

Medicação oral

Uma das medicações orais mais comuns usadas para tratar a calvície feminina é a espironolactona, que é um diurético. Os diuréticos retiram o excesso de água do corpo.

A medicação também pode bloquear a produção de andrógeno, o que pode prevenir a perda de cabelo e ajudar o cabelo a regredir. A espironolactona pode causar efeitos colaterais, como boca seca, náusea e tontura.

As mulheres grávidas não devem tomar espironolactona devido a uma possibilidade de causar deficiências congênitas.

Transplante de cabelo

Médica e paciente do sexo feminino em discussão

Algumas mulheres podem optar por fazer um transplante capilar. Várias técnicas podem ser usadas para realizar o transplante de cabelo.

Geralmente, a perda de cabelo afeta apenas algumas áreas do couro cabeludo. Durante um transplante de cabelo, o médico remove os pêlos de uma área com crescimento saudável dos cabelos e os transplanta para outro local onde o cabelo está faltando.

A área da qual o médico transplanta o cabelo geralmente não é afetada pela queda de cabelo. O médico realiza o procedimento enquanto a pessoa está acordada e leva várias horas. Uma pessoa receberá um anestésico local para evitar a dor.

Tratamento com laser

Algumas pessoas podem querer tentar o tratamento a laser em casa para a perda de cabelo. Estes dispositivos funcionam emitindo baixos níveis de luz laser para estimular o crescimento dos pêlos.

De acordo com algumas pesquisas, a terapia com laser de baixa intensidade pode estimular o crescimento de cabelos em mulheres e homens. No entanto, estudos adicionais são necessários para determinar a eficácia desse tipo de tratamento, pois é possível que empresas de tratamento a laser tenham financiado parcialmente essa pesquisa.

Prevenção

Como a calvície feminina pode ser genética, nem sempre é evitável. No entanto, existem passos que uma mulher pode tomar para manter o cabelo o mais saudável possível para evitar quebras e danos.

Considere as seguintes dicas de cuidados com os cabelos:

  • Limite os tratamentos que podem levar a danos nos cabelos, como perming, endireitamento e extensões de cabelo.
  • Coma uma dieta rica em proteínas, vitaminas essenciais e ferro.
  • Proteja o cabelo dos danos causados ​​pelo sol usando um chapéu.
  • Evite escovar o cabelo quando estiver molhado e frágil. Use um pente ou os dedos.

Outlook

A calvície feminina pode ser angustiante e afetar a autoconfiança e a autoimagem de uma pessoa. As mulheres que experimentam perda excessiva de cabelo devem conversar com seu médico ou dermatologista, que pode ajudar a determinar a causa e a melhor opção de tratamento.

O diagnóstico precoce pode ajudar uma pessoa a desenvolver um plano de tratamento que previne a queda de cabelo. Estão disponíveis tratamentos que podem ajudar a restaurar o crescimento do cabelo. A eficácia pode variar dependendo do tratamento selecionado e da quantidade de perda de cabelo.

Escolhemos os itens vinculados com base na qualidade dos produtos e listamos os prós e contras de cada um para ajudá-lo a determinar o que funcionará melhor para você. Fazemos parcerias com algumas das empresas que vendem esses produtos, o que significa que a Healthline UK e nossos parceiros podem receber uma parte das receitas se você fizer uma compra usando um link (s) acima.

Like this post? Please share to your friends: