Caros utilizadores! Todos os materiais neste site são traduções de outros idiomas. Pedimos desculpas pela qualidade dos textos, mas esperamos que venham a tirar partido deles. Com os melhores cumprimentos, A administração do site. E-mail: admin@ptmedbook.com

Viver com a DPOC: dicas, atividades e tratamentos

A doença pulmonar obstrutiva crônica é uma condição pulmonar que afeta a capacidade de respiração de uma pessoa. Uma pessoa que é diagnosticada com esta doença geralmente tem enfisema e bronquite crônica. Essas condições resultam em menos fluxo de ar para dentro e para fora dos pulmões.

Os sintomas da doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), incluindo falta de ar, chiado no peito e tosse crônica, podem tornar as tarefas diárias mais desafiadoras.

Coisas cotidianas que podem não parecer fisicamente exigentes podem ser difíceis para alguém com DPOC. Comer, vestir-se e fazer tarefas domésticas pode ser difícil de administrar quando uma pessoa tem problemas para respirar.

No entanto, um diagnóstico de DPOC não precisa significar que uma pessoa perderá sua independência ou que terá que parar de desfrutar de suas atividades favoritas.

Seguir um plano de tratamento pode melhorar significativamente a vida de uma pessoa e ajudá-la a encontrar sua “nova normalidade”.

Mantendo-se com a vida com DPOC

Homem quebrando o cigarro ao meio

Com algumas mudanças e tratamentos eficazes, muitas pessoas com DPOC podem levar uma vida plena. Embora o diagnóstico de DPOC possa ser esmagador, existem maneiras de tornar a vida cotidiana mais fácil e agradável:

  • Parar de fumar. Esta é a melhor maneira de ajudar os pulmões a se curarem e funcionarem da melhor forma, e também beneficia o coração e outros órgãos. Parar de fumar também fortalece o sistema imunológico de uma pessoa.
  • Permitindo mais tempo para chegar e partir de compromissos e eventos. As pessoas podem tentar configurar um alarme com 10 a 20 minutos extras para sair pela porta. Isso pode ajudar a evitar estresse, ansiedade e pressa, o que pode levar a mais falta de ar ou chiado no peito.
  • Considerando maneiras de modificar tarefas para torná-las mais fáceis de fazer. Exercícios respiratórios e intervalos para descanso podem tornar a caminhada ou a jardinagem mais agradável, por exemplo.
  • Explicando os sintomas da DPOC a amigos e familiares. Se os outros entenderem que certas atividades são mais difíceis, elas podem fornecer apoio e compaixão. Isso pode reduzir a preocupação e dar aos outros a oportunidade de ajudar quando necessário.

As pessoas devem ser abertas com médicos e membros de sua equipe de saúde. Com um novo diagnóstico de DPOC, os sintomas podem ser confusos ou mesmo assustadores. Conversar com a equipe de saúde sobre sintomas e desafios ajuda as pessoas a trabalhar com elas, aprender a melhor maneira de se manter saudável e ainda participar das atividades da vida.

DPOC e consultas médicas

Depois de uma pessoa ter sido diagnosticada com DPOC, eles terão que comparecer a consultas regulares com seu médico e se acostumar com novos tratamentos. Desenvolver um plano de tratamento é uma parte essencial de se viver bem com a DPOC. Um plano de tratamento pode incluir medicamentos, oxigenoterapia, reabilitação pulmonar, mudanças no estilo de vida e educação sobre a DPOC.

Pessoas com DPOC às vezes têm uma grande equipe de saúde ao seu redor, que pode incluir médicos, enfermeiros, terapeutas, nutricionistas, psicólogos, assistentes sociais e consultores espirituais, como um capelão. Todos esses profissionais desempenham um papel importante em ajudar uma pessoa com DPOC a permanecer o mais saudável possível.

Muitos pacientes têm consultas regulares de reabilitação pulmonar. Um estudo sugere que a reabilitação pulmonar pode ajudar as pessoas com qualidade de chumbo na DPOC a viver de várias maneiras, inclusive aumentando sua capacidade de se exercitar.

Além dos cuidados médicos, as pessoas com DPOC podem fazer algumas mudanças em casa para se sentir bem e ajudar a controlar os sintomas. Com o tratamento correto e as mudanças em casa, muitas pessoas com DPOC podem continuar a fazer o que gostam.

Mudanças na dieta para DPOC

uma seleção colorida de frutas e legumes

A alimentação é uma parte da vida diária e as pessoas com DPOC devem seguir uma dieta saudável para ajudar na sua condição. Escolher os alimentos certos pode ajudar uma pessoa com DPOC a continuar suas atividades diárias, porque ela será mais saudável, mais energética e terá menos fôlego.

Uma dieta adequada para pessoas com DPOC não precisa ser excessivamente rigorosa ou complexa. Em geral, as pessoas com DPOC devem se concentrar em alimentos integrais saudáveis, incluindo:

  • Uma variedade de frutas e legumes em cores diferentes. Frescos e congelados são ideais, mas frutas e vegetais enlatados também são bons se não tiverem açúcar, sal ou aditivos.
  • Grãos integrais. Assegure-se de que pães e massas sejam “100 por cento de grãos integrais” ou “100 por cento de trigo integral”, verificando os rótulos. Arroz integral integral e aveia de corte de aço são outras opções populares de grãos integrais.
  • Legumes Ervilhas, feijões, lentilhas e amendoim são leguminosas comuns que oferecem proteínas e fibras. Se o excesso de gás for um problema, talvez seja necessário diminuí-lo ou eliminá-lo.
  • Fontes magras de proteína. Ovos, peixe, aves, soja e leite são fontes saudáveis ​​de proteína, o que é importante para um sistema imunológico saudável.
  • Probióticos Probióticos são bactérias protetoras e leveduras encontradas em muitos alimentos fermentados como iogurte, kefir e kombucha. Estudos sugerem que uma dieta suplementada com probióticos, especialmente, pode diminuir infecções pulmonares virais em pessoas com DPOC e ajudar na saúde do coração.

Muitas pessoas com DPOC receberão orientações de dieta por sua equipe de saúde. Seguir uma dieta saudável pode ter um forte impacto na maneira como uma pessoa se sente e pode ajudá-la a evitar infecções pulmonares e outras complicações.

Embora pareça não ter relação com os pulmões, consumir alimentos saudáveis ​​é uma maneira eficaz de ajudar as pessoas com DPOC a se sentirem melhor e permanecerem ativas e envolvidas na vida diária. Um estudo sugere que a ingestão de certas vitaminas e nutrientes, especialmente as vitaminas E, D, C e A, foi associada a uma melhor função pulmonar.

Atividade Física e DPOC

pessoa mais velha anda seu cão em um parque

O exercício pode – e deve – fazer parte da vida das pessoas com DPOC. Permanecer ativo com a DPOC pode ser difícil no começo, mas vale a pena o esforço.

Uma quantidade moderada de exercício pode ajudar uma pessoa com DPOC a continuar com suas tarefas diárias, sem falta de ar e outros sintomas em seu caminho. Um estudo sugeriu que quanto mais ativa a pessoa com DPOC, menor o risco de mortalidade.

Infelizmente, muitas pessoas com DPOC evitam o exercício porque têm medo de ficar com falta de ar ou simplesmente não ter energia. Como uma pessoa exerce menos, seu nível de aptidão diminui. Com o tempo, eles podem não conseguir fazer muita atividade.

Essa queda na aptidão física pode ser reduzida se uma pessoa com DPOC permanecer fisicamente ativa. Mesmo aqueles que não foram ativos no passado podem começar um programa de exercícios devagar e gradualmente com a orientação de um médico. Embora o exercício não possa reverter a DPOC, ele pode ajudar a pessoa a permanecer independente e saudável pelo maior tempo possível.

Exercícios respiratórios da DPOC

Exercícios de respiração são uma maneira especial de mover o ar para dentro e para fora, o que pode ajudar a relaxar o corpo e permitir que os pulmões absorvam mais oxigênio. Estes exercícios ajudam a aliviar os sintomas imediatos da DPOC. Eles também podem aumentar a confiança para que uma pessoa sinta menos medo de sair para caminhar, preparar uma refeição ou fazer outras atividades que sempre fizeram.

Exercícios respiratórios são uma ferramenta valiosa para aqueles com DPOC. Eles podem ajudar uma pessoa a permanecer ativa e envolvida na vida diária.

Os exercícios respiratórios mais comuns para a DPOC são a respiração labial e a respiração abdominal. Um especialista em reabilitação pulmonar pode demonstrar como isso é feito e ajudar as pessoas a dominá-las para que possam ser usadas a qualquer momento.

Evitando doenças

Uma pessoa que tenha sido diagnosticada com DPOC deve permanecer tão saudável quanto possível e deve evitar a doença o máximo possível:

  • lavar as mãos frequentemente com água e sabão, especialmente antes de comer e tocar o rosto e depois de usar o banheiro
  • ser vacinado contra gripe, pneumonia e coqueluche (coqueluche)
  • evitando pessoas que estão doentes
  • dormir adequadamente e beber muita água

Estar consciente de doenças e germes pode ajudar a evitar infecções pulmonares, que podem ser graves.

Olhando para frente

Um diagnóstico de DPOC não precisa significar o fim de aproveitar a vida. Com a orientação de uma equipe de saúde e um estilo de vida saudável, muitas pessoas podem continuar algumas ou todas as suas atividades regulares.

Like this post? Please share to your friends: