Caros utilizadores! Todos os materiais neste site são traduções de outros idiomas. Pedimos desculpas pela qualidade dos textos, mas esperamos que venham a tirar partido deles. Com os melhores cumprimentos, A administração do site. E-mail: admin@ptmedbook.com

Por que bocejamos e o que isso significa

Índice

  1. Causas
  2. Bocejando em outros animais
  3. Por que o bocejo é contagioso?
  4. Uma pessoa pode bocejar demais?

Um bocejo é um reflexo involuntário onde a boca é aberta e os pulmões absorvem muito ar. O ar é então exalado lentamente. Durante esse tempo, os tímpanos se esticam e os olhos também podem se fechar, fazendo com que eles reguem.

Nenhum pensamento ou ação deve ser tomado para produzir um bocejo, e o processo é semelhante para todos. Bocejar geralmente ocorre antes ou depois do sono, e é por isso que geralmente é considerado um sinal de cansaço. O bocejo também ocorre com freqüência em pessoas que estão fazendo coisas chatas ou tediosas.

Há também um aspecto social no bocejo. O bocejo parece ser contagioso entre humanos e outros animais, e a contagiosidade de um bocejo é bem documentada, mas dificilmente entendida.

Fatos rápidos sobre o bocejo

Aqui estão alguns pontos importantes sobre o bocejo. Mais detalhes e informações de suporte estão no artigo principal.

  • Normalmente, o bocejo é uma resposta à fadiga ou falta de estimulação.
  • Bebês podem bocejar, mesmo no útero.
  • O bocejo é contagioso, como parte da resposta empática natural dos humanos.
  • O bocejo serve uma função social, comunicando o tédio.

Causas

Não há razão definitiva para um bocejo ainda. Muitas teorias propostas surgiram e foram estudadas, e fornecem algumas pistas.

Uma mudança de estado

Mulher escrivaninha, com, bebida quente, bocejar

O bocejo é comumente considerado um sinal de sonolência ou tédio, embora nem sempre seja esse o caso.

Enquanto alguém que boceja pode estar cansado, o ritmo cardíaco sobe rapidamente durante um bocejo. Este aumento da freqüência cardíaca sugere que o bocejo pode ser um sinal de alerta, em vez de lentidão.

Bocejar, em geral, pode ser simplesmente uma maneira de o corpo mudar o estado de consciência em que se encontra:

  • Antes de dormir: o bocejo pode ser tomado como um sinal de que o corpo está se preparando para dormir.
  • Quando entediado: bocejar ao fazer uma tarefa chata pode ser um sinal da transição do cérebro de um alto nível de alerta para um nível mais baixo.
  • Após o exercício ou esporte: bocejar depois de uma intensa atividade esportiva pode ser um sinal de transição de alta energia para baixa energia no cérebro.

As pessoas também podem bocejar ao alterar os estados físicos, como passar de uma área de alta pressão para baixa pressão. Essa pressão pode se acumular nos tímpanos e fazer a pessoa bocejar para soltá-la.

Uma função respiratória

Bocejar pode ser uma função da respiração. Bocejar pode ser mais provável quando o sangue precisa de oxigênio. Um bocejo provoca uma grande ingestão de ar e um batimento cardíaco mais rápido, o que poderia, teoricamente, significar que ele está bombeando mais oxigênio pelo corpo. Assim, um bocejo pode ser simplesmente projetado para ajudar a eliminar as toxinas do sangue e fornecer um novo suprimento de oxigênio.

Para esfriar o cérebro

Bocejar pode esfriar o cérebro. Um bocejo faz com que a mandíbula se estique, aumentando o fluxo sanguíneo no rosto e no pescoço. A inalação grande e o batimento cardíaco acelerado causado pelo bocejo também fazem com que o sangue e o líquido espinhal circulem pelo corpo mais rapidamente. Todo esse processo pode ser uma maneira de esfriar um cérebro que ficou muito quente.

Um estudo publicado para apoiar esta teoria. Os pesquisadores descobriram que os bocejos eram mais propensos a cerca de 20 ° C, que é a temperatura que eles sugeriram ser ideal para refrescar o sangue e o cérebro.

Como ferramenta de comunicação

Alguns pesquisadores acreditam que a razão pela qual os humanos bocejam tem mais a ver com a evolução. Antes dos humanos se comunicarem vocalmente, eles podem ter usado bocejos para transmitir uma mensagem.

Bocejos são considerados um sinal de tédio ou sonolência, e isso poderia ser o que os primeiros humanos estavam se comunicando também. No entanto, os primeiros humanos podem ter usado o bocejo para sinalizar seu estado de alerta para os outros, mostrar seus dentes aos agressores ou servir como outra ferramenta de comunicação.

Bocejando em outros animais

Humanos e chimpanzés não são os únicos animais que bocejam. Todos os vertebrados bocejam, de peixes e pássaros a lobos e cavalos.

Existem apenas três espécies que bocejam contagiosamente, no entanto: humanos, chimpanzés e a família de lobos e cães.

Por que o bocejo é contagioso?

Cachorro bocejando.

Bocejar é um reflexo que não segue muitos padrões consistentes.

Uma coisa que muitas pessoas concordam é que o bocejo parece ser contagioso. Ver o bocejo de outra pessoa pode fazer com que aqueles que assistem “pegem” o próprio bocejo.

A ciência se perguntou por que isso acontece e muitas teorias surgiram, incluindo:

  • Hora do dia: Alguns pesquisadores sugeriram que a hora do dia ou a inteligência das pessoas que pegam o bocejo causam o bocejo contagioso, mas a maioria das pessoas não pensa mais nisso.
  • Empatia: Uma das teorias mais comuns é que o bocejo contagioso é um sinal de empatia pelos outros. Ver um bocejo pode fazer o espectador bocejar, especialmente se ele estiver perto ou confortável com essa pessoa.

Um estudo recente publicado mostrou a grupos de chimpanzés um vídeo de outros chimpanzés bocejando. Os resultados revelaram que os chimpanzés eram mais propensos a pegar o bocejo quando assistiam chimpanzés que estavam familiarizados com o bocejo. Isso apoia a ideia de que a empatia e a familiaridade estão envolvidas na contagiosidade de um bocejo.

Outro estudo postou que a contagiosidade em humanos era uma resposta individual. Houve pouca correlação entre inteligência, hora do dia ou empatia entre os testados. O maior fator que encontraram foi a idade. Os mais velhos eram menos propensos a pegar um bocejo dos outros.

A razão completa para bocejos contagiosos é desconhecida.

Pode alguém bocejar demais?

O bocejo geralmente é inofensivo, mas é possível bocejar demais. O bocejo excessivo pode ser causado por alguns distúrbios diferentes que requerem atenção médica.

O nervo vago, que é o nervo que conecta a garganta e o abdômen ao cérebro, pode causar bocejos excessivos ao interagir com os vasos sanguíneos.Isso é chamado de reação vasovagal. Esta resposta pode ser um sinal de distúrbio do sono ou condição cerebral. Pode até ser um sinal de problemas cardíacos, como um ataque cardíaco ou problemas na aorta.

Qualquer pessoa que esteja bocejando sem causa aparente deve entrar em contato com um médico o mais rápido possível.

Like this post? Please share to your friends: