Caros utilizadores! Todos os materiais neste site são traduções de outros idiomas. Pedimos desculpas pela qualidade dos textos, mas esperamos que venham a tirar partido deles. Com os melhores cumprimentos, A administração do site. E-mail: admin@ptmedbook.com

Osteoartrite do joelho: conheça os sinais de alerta

A osteoartrite é uma doença em que a cartilagem das articulações se desgasta e os ossos começam a se esfregar juntos.

O joelho é a maior articulação do corpo e tem muito peso. À medida que as pessoas envelhecem, a tarefa de carregar esse peso pode desgastar a cartilagem que cobre as extremidades dos ossos de uma articulação.

A cartilagem é o tecido que garante que os ossos se sobreponham suavemente. Também atua como uma espécie de amortecedor ou amortecedor.

Se a cartilagem se desgasta, os ossos se esfregam juntos. Isso pode levar à osteoartrite (OA), o tipo mais comum de artrite.

A Harvard Medical School afirma que os joelhos suportam o equivalente a uma vez e meia o peso corporal de uma pessoa. Para uma mulher de 150 libras, isso resulta em 225 libras de força por passo.

OA causa dor, inchaço e rigidez. Pessoas com OA do joelho podem achar difícil se exercitar, subir escadas ou até mesmo andar.

Sintomas precoces

Os sintomas que podem aparecer nos estágios iniciais da OA do joelho são:

Uma imagem de alguém com dor no joelho.

  • Dor, especialmente em dobrar e endireitar o joelho
  • Inchaço, causado por um acúmulo de líquido na articulação, ou por crescimentos ósseos chamados osteófitos que se formam quando a cartilagem se rompe
  • Calor na pele sobre o joelho, especialmente no final do dia
  • Ternura ao pressionar o joelho
  • Rigidez ao mover a articulação, especialmente no início da manhã ou após um período de inatividade
  • Ranger ou rachar na flexão, conhecido como crepitação

A atividade pode piorar os sintomas, levando à dor no final do dia, especialmente depois de um longo período em pé.

Se o joelho estiver vermelho, a pessoa tiver febre, ou ambos os sintomas ocorrerem, o problema provavelmente será uma condição diferente da osteoartrite.

Tratamento

O tratamento da OA depende da gravidade da condição.

Existem alguns remédios caseiros e tratamentos sem prescrição médica para o joelho que podem ser usados ​​em casa e estão disponíveis na farmácia. Esses tratamentos incluem:

  • Aplicando calor ou frio. O calor alivia a rigidez e o frio pode aliviar a dor. A almofada de aquecimento ou bolsa de gelo deve ser coberta com uma toalha para não queimar a pele.
  • Um dispositivo auxiliar, como uma bengala ou andador, pode ajudar a aliviar o peso dos joelhos. Segurando a cana na mão oposta ao joelho doloroso é mais eficaz.
  • Medicamentos de alívio da dor estão disponíveis ao balcão. Estes devem sempre ser usados ​​com cuidado, pois podem causar efeitos colaterais.

Exemplos de medicamentos de venda livre

  • Cremes tópicos contendo fármacos anti-inflamatórios não esteróides (AINEs), ou ingredientes que criam um aquecimento ou arrefecimento sensação são uma maneira relativamente segura para reduzir os sintomas.
  • Os AINEs, como o ibuprofeno, o naproxeno e a aspirina, podem ajudar a reduzir o inchaço e a dor. Altas doses ou uso a longo prazo podem causar problemas estomacais, problemas cardíacos, hemorragias e danos no fígado e nos rins.
  • O acetaminofeno pode ajudar a reduzir a dor, mas não o inchaço. O acetaminofeno tem menos efeitos colaterais do que os AINEs, mas grandes doses podem danificar o fígado.

Quando ver um médico

Para algumas pessoas, a dor e outros sintomas são graves o suficiente para interferir na vida diária, e medicamentos de venda livre não ajudam.

Um médico examina o joelho de um homem mais velho.

O próximo passo é consultar um médico geral, que pode encaminhar o paciente a um reumatologista ou cirurgião ortopédico.

Para descobrir se um paciente tem OA, o médico pode perguntar:

  • Quando a dor começou?
  • Aonde dói?
  • Há alguma rigidez, rangidos, calor ou inchaço?
  • O que faz melhor? O que torna isso pior?
  • Como você tratou isso? Os tratamentos caseiros funcionaram?
  • Como os sintomas afetaram as atividades diárias?

O médico examinará os joelhos, movendo-os para frente e para trás para observar a amplitude de movimento e descobrir quais movimentos causam dor.

Existem vários testes para diagnosticar osteoartrite:

  • A aspiração articular envolve o uso de uma agulha para extrair uma amostra de fluido da articulação. Esse fluido é então verificado em laboratório para sinais de outros problemas nas articulações, como gota ou infecção.
  • A ressonância magnética (MRI) pode fornecer imagens detalhadas dos joelhos da pessoa, o que pode mostrar acúmulo de líquido nos ossos da coxa ou do joelho.
  • Os raios X podem revelar se as articulações do joelho foram danificadas nos estágios posteriores, mas podem não revelar danos nos estágios iniciais.

Se os testes mostrarem que uma pessoa tem OA, o médico pode prescrever um dos seguintes tratamentos:

  • Injeções de esteróides, injetadas na articulação do joelho para reduzir a inflamação
  • Injeções de ácido hialurônico fornecem fluido que amortece e lubrifica a articulação
  • A fisioterapia envolve exercícios para melhorar a flexibilidade e amplitude de movimento na articulação danificada

Se essas soluções não funcionarem, o médico pode recomendar uma cirurgia para substituir uma articulação gravemente danificada.

Mudancas de estilo de vida

Um homem está nadando em uma piscina.

Existem algumas mudanças no estilo de vida que podem aliviar a dor e a rigidez causadas pela artrite do joelho:

  • Perder peso pode aliviar a dor e prevenir mais danos nas articulações
  • O exercício físico é uma das melhores maneiras de aliviar a dor da artrite, especialmente exercícios de baixo impacto, como caminhar, andar de bicicleta estacionária ou nadar.

A natação é ideal porque a flutuação da água tira a pressão das articulações, enquanto o calor as acalma.

O exercício aumenta o movimento e a flexibilidade e fortalece os músculos que sustentam as articulações. O exercício também ajuda as pessoas a manter um peso saudável.

OA é uma condição comum, mas dolorosa, que afeta muitas pessoas à medida que envelhecem. Dor, rigidez, inchaço, calor ou rachaduras nas articulações podem ser sinais de que é hora de procurar ajuda médica.

Like this post? Please share to your friends: