Caros utilizadores! Todos os materiais neste site são traduções de outros idiomas. Pedimos desculpas pela qualidade dos textos, mas esperamos que venham a tirar partido deles. Com os melhores cumprimentos, A administração do site. E-mail: [email protected]

Os benefícios para a saúde das amêndoas

As amêndoas são embaladas com vitaminas, minerais, proteínas e fibras e estão associadas a vários benefícios para a saúde. Apenas um punhado de amêndoas – aproximadamente 1 onça – contém um oitavo de nossas necessidades diárias de proteína.

Amêndoas podem ser comidas sozinhas, cruas ou torradas; Eles estão disponíveis em fatias, em flocos, slivered, como farinha, óleo, manteiga ou leite de amêndoa.

As amêndoas são, de fato, sementes; eles são uma “drupa” e, portanto, não são considerados uma verdadeira noz.

Acredita-se que as amendoeiras tenham sido uma das primeiras árvores a serem domesticadas. Evidências de amendoeiras domesticadas datando de 3000 a 2000 aC foram desenterradas na Jordânia.

Os benefícios à saúde das amêndoas têm sido documentados há séculos, e a pesquisa moderna respalda algumas dessas afirmações – existem muitas razões para incluí-las em sua dieta.

Fatos rápidos sobre amêndoas

Aqui estão alguns pontos importantes sobre amêndoas. Mais detalhes e informações de suporte estão no artigo principal.

  • As amêndoas não são, de fato, uma verdadeira noz.
  • A amêndoa é uma espécie de árvore nativa da Índia, norte da África e Oriente Médio.
  • Amêndoas silvestres contêm uma poderosa toxina.
  • Algumas evidências sugerem que as amêndoas podem reduzir os níveis de colesterol.
  • Amêndoas foram domesticadas pela primeira vez há milhares de anos.

Benefícios das amêndoas

Existem vários benefícios potenciais para a saúde associados às amêndoas.

1) Amêndoas e colesterol

Um estudo publicado sugere que o consumo de amêndoas aumenta os níveis de vitamina E no plasma e nos glóbulos vermelhos, e também reduz os níveis de colesterol.

Um dos autores do estudo disse:

“Este estudo é importante porque mostra que a ingestão de amêndoas pode aumentar significativamente os níveis de vitamina E na dieta e na corrente sanguínea. A vitamina E é um poderoso antioxidante que defende suas células diariamente e previne a oxidação do colesterol.” Um punhado de amêndoas por dia é uma ótima maneira de obter a vitamina E que seu corpo precisa para se manter saudável. “

Ella Haddad, DrPH, RD, Universidade de Loma Linda, CA

2) Amêndoas e risco de câncer

Pilha de amêndoas

Um estudo, publicado em 2015, analisou o consumo de nozes e o risco de câncer.

Eles descobriram que indivíduos que consumiram quantidades maiores de amendoim, nozes e amêndoas tiveram seu risco de câncer de mama reduzido em 2 a 3 vezes.

Os autores concluíram que “amendoim, nozes e amêndoas parecem ser um fator de proteção para o desenvolvimento do câncer de mama”.

3) Amêndoas e doenças cardíacas

Amêndoas, juntamente com nozes e sementes em geral, são freqüentemente associadas com melhores níveis de lipídios no sangue e sendo boas para o coração.

Há algumas evidências indicando que incluir amêndoas em sua dieta pode ajudar a afastar doenças cardíacas, mas no geral, as evidências são inconclusivas.

Em um estudo publicado em 2014, cientistas descobriram que amêndoas aumentaram significativamente a quantidade de antioxidantes na corrente sanguínea, reduziu a pressão sanguínea e melhorou o fluxo sanguíneo. Seus resultados adicionam peso à teoria de que as dietas mediterrâneas com muitas nozes têm grandes benefícios para a saúde.

4) Amêndoas e vitamina E

As amêndoas contêm níveis relativamente altos de vitamina E, um antioxidante. Na verdade, eles são uma das melhores fontes naturais de vitamina E, fornecendo 37 por cento da ingestão diária recomendada em apenas 1 onça. A vitamina E ajuda a proteger as células dos danos oxidativos.

Além disso, o aumento da ingestão de vitamina E tem sido tentativamente associado a um risco reduzido de certas doenças, como Alzheimer, alguns tipos de câncer e doenças cardíacas.

No entanto, alguns estudos descobriram um ligeiro aumento no risco de câncer de próstata com maior ingestão de vitamina E; e um artigo publicado pela American Heart Association em 2014 não relatou benefícios significativos da vitamina E contra doenças cardíacas ou derrames.

5) Amêndoas e açúcar no sangue

Magnésio, símbolo, e, pílulas

Há algumas evidências de que amêndoas podem ajudar a manter o açúcar no sangue sob controle.

Acredita-se que essa capacidade seja devida a seus altos níveis de magnésio – contendo quase metade da quantidade diária recomendada em apenas 2 onças de amêndoas.

Em cerca de um terço das pessoas com diabetes tipo 2, os níveis de magnésio são baixos.

Em um estudo, pessoas com diabetes tipo 2 e baixos níveis de magnésio tomaram suplementos de magnésio. Os pesquisadores mediram um aumento nos níveis de magnésio e também observaram melhorias na resistência à insulina.

6) amêndoas ajudam a gerenciar o peso

Porque amêndoas são mais baixas em carboidratos e ricos em proteínas e fibras, elas podem ajudar as pessoas a se sentirem mais cheias por mais tempo; isso tem o potencial de reduzir o número de calorias consumidas no geral.

Houve numerosos estudos sobre amêndoas e uma variedade de nozes que demonstram sua capacidade de manter as pessoas satisfeitas.

Nutrição

As amêndoas são uma fonte de vitamina E, cobre, magnésio e proteína de alta qualidade; eles também contêm altos níveis de ácidos graxos insaturados saudáveis, juntamente com altos níveis de moléculas bioativas (como fibras, fitoesteróis, vitaminas, outros minerais e antioxidantes), que podem ajudar a prevenir doenças cardiovasculares.

No que diz respeito aos alimentos vegetais, as nozes e as sementes são as mais ricas em fibras após os cereais, o que poderia explicar por que as amêndoas são boas para a saúde cardiovascular.

Relatório nutricional de amêndoa

Três amêndoas

Uma xícara de amêndoas inteiras e cruas (143 gramas) contém:

Água – 6,31 gramas

Energia – 828 kilocalorias

Proteína – 30,24 gramas

Lípido total (gordura) – 71,40 gramas

Carboidratos, por diferença – 30,82 gramas

Fibra, dieta total – 17,9 gramas

Açúcares, total – 6,01 gramas

Colesterol – 0 gramas

Cálcio, Ca – 385 miligramas

Ferro, Fe – 5,31 miligramas

Magnésio, Mg – 386 miligramas

Fósforo, P – 688 miligramas

Potássio, K – 1048 miligramas

Sódio, Na – 1 miligramas

Zinco, Zn – 4,46 miligramas

Vitamina C, ácido ascórbico total – 0 miligramas

Tiamina – 0,293 miligramas

Riboflavina – 1,627 miligramas

Niacina – 5,174 miligramas

Vitamina B-6 – 0,196 miligramas

Folato, DFE – 63 microgramas

Vitamina B-12 – 0 microgramas

Vitamina A, RAE – 0 microgramas

Vitamina A, UI – 3 Unidades Internacionais

Vitamina E (alfa-tocoferol) – 36,65 miligramas

Vitamina D – 0 Unidades Internacionais

Vitamina K (filoquinona) – 0 microgramas

Cafeína – 0 miligramas

Riscos

Existem riscos potenciais associados ao consumo de amêndoas. Alergia a amêndoas é na verdade bastante comum. Os sintomas de alergia a amêndoas podem incluir:

  • dor de estômago ou cólicas
  • nausea e vomito
  • problemas de deglutição
  • diarréia
  • coceira
  • falta de ar
  • dificuldade ao respirar

Se você é alérgico a amêndoas, é importante evitar qualquer alimento que possa contê-las. Amêndoas são usadas para fazer frangipane, maçapão e praline. As amêndoas também são usadas às vezes em bolos, biscoitos, pão, chocolates, sorvetes e certos licores (como Amandine).

Like this post? Please share to your friends: