Caros utilizadores! Todos os materiais neste site são traduções de outros idiomas. Pedimos desculpas pela qualidade dos textos, mas esperamos que venham a tirar partido deles. Com os melhores cumprimentos, A administração do site. E-mail: admin@ptmedbook.com

O que posso fazer com psoríase no couro cabeludo?

Psoríase do couro cabeludo é uma desordem do sistema imunológico que causa escamas escamosas, coceira e muitas vezes dolorosas no couro cabeludo.

Os sintomas podem variar de leves a graves, com os mais graves causando calvície se não forem tratados.

Uma variedade de remédios caseiros para psoríase no couro cabeludo e xampus pode reduzir a dor e a coceira, acelerar o processo de cura e evitar a queda de cabelo.

Fatos rápidos sobre a psoríase do couro cabeludo:

  • Durante um surto de psoríase, as células da pele crescem em um ritmo mais rápido, causando áreas escamosas e descamativas da pele.
  • Se alguém tem uma infecção bacteriana ou levedura, o couro cabeludo, a psoríase pode piorar.
  • Os remédios caseiros para a psoríase do couro cabeludo não devem substituir o tratamento médico padrão, particularmente quando a psoríase é grave.
  • Embora a psoríase do couro cabeludo afete a pele, o problema, na verdade, está sob a pele.

Shampoos

sabão alcatrão

As pessoas com psoríase não precisam necessariamente usar xampus especiais para psoríase comprados em lojas.

É possível fazer xampu de psoríase em casa. Tente misturar ingredientes benéficos para a psoríase, como o vinagre de cidra de maçã ou o óleo de melaleuca, com o xampu habitual para um remédio suave de psoríase caseiro.

Os melhores ingredientes para tratar a psoríase do couro cabeludo incluem:

Ácido salicílico

O ácido salicílico é um medicamento que ajuda a pele a descascar. Também pode remover as escamas da psoríase e ajudar o corpo a curar os remendos da psoríase mais rapidamente. Quanto maior a porcentagem de ácido salicílico contido em um produto, mais forte ele será. As pessoas devem tentar começar com uma forma relativamente fraca de ácido salicílico e aumentar gradualmente a força com base na reação da pele.

Outros ácidos

Alguns outros ácidos, incluindo ácido glicólico e ácido láctico, podem ajudar a pele a descascar. Assim como o ácido salicílico, eles podem irritar a pele em concentrações mais altas. Comece devagar e trabalhe para fórmulas mais fortes.

Cetoconazol

O cetoconazol é um ingrediente antifúngico que também pode tratar a pele seca e escamosa. Os xampus contendo cetoconazol podem ajudar a remover as escalas de caspa e psoríase. Porque algumas pessoas com psoríase no couro cabeludo também têm infecções fúngicas, o cetoconazol é um ingrediente especialmente útil que pode proteger o couro cabeludo de infecções dolorosas por fungos.

Sabonetes e xampus de alcatrão

Sabão de alcatrão pode ajudar a tratar a psoríase de todos os tipos, incluindo a psoríase do couro cabeludo. Embora os pesquisadores tenham passado mais tempo estudando alcatrão de carvão, sabonetes de alcatrão de pinho e xampus também podem funcionar. Também é possível lavar o couro cabeludo com sabão de alcatrão. O sabão tem um cheiro forte e distinto e pode ser irritante para a pele, no entanto. As pessoas devem começar com uma concentração baixa e trabalhar para fórmulas mais potentes, mas sempre verifique com um médico sobre a força máxima a ser usada.

Remédios caseiros

raiz de cúrcuma e pó em uma placa

O remédio caseiro certo pode, no entanto, complementar o tratamento médico, melhorando a aparência das lesões da psoríase.

Remédios caseiros que podem ajudar incluem:

  • Cúrcuma: Algumas pesquisas em ratos sugerem que a cúrcuma pode reduzir a inflamação associada à psoríase.
  • Vinagre de maçã: há muito tempo é usado como desinfetante natural para prevenir infecções. Também pode aliviar a dor das lesões da psoríase.
  • Óleos ricos, como abacate ou óleo de coco: estes óleos podem ajudar as placas da psoríase a parecerem menos secas e escamosas.
  • Óleo da árvore do chá: Isso pode ser útil no tratamento de pequenas lesões da psoríase. O óleo da árvore do chá pode ajudar as escamas a desaparecer e pode aliviar a dor e a coceira.
  • Ácidos graxos ômega-3: Alimentos que contêm esses ácidos, como óleo de peixe e azeite de oliva, podem combater a inflamação e tratar a psoríase. Aplique óleo diretamente nas placas ou coma uma dieta rica em ácidos graxos ômega-3.
  • Aveia ou aveia coloidal: A aveia pode acalmar a pele irritada e pode ajudar com placas de pele psoríase muito secas.

O que é psoríase no couro cabeludo?

Psoríase do couro cabeludo

A psoríase é um grupo de doenças auto-imunes que afetam a pele. As doenças autoimunes fazem com que o sistema imunológico reaja exageradamente.

No caso da psoríase, a hiperatividade faz com que as células da pele cresçam mais rapidamente que o normal, criando escamas e lesões na pele. O aparecimento das lesões depende do tipo de psoríase.

O único tipo de psoríase que afeta o couro cabeludo, no entanto, é a psoríase em placas.

Os sintomas mais comuns da psoríase no couro cabeludo incluem:

  • Escamas no couro cabeludo: podem ser leves e finas, grossas e crocantes. A balança pode ser pequena ou cobrir todo o couro cabeludo.
  • Placas de psoríase em outras áreas do corpo: Escamas podem se espalhar a partir do couro cabeludo, estendendo-se para o rosto ou pescoço. Eles também podem aparecer em partes distantes do corpo.
  • Alterações capilares: Em casos mais graves, pode ocorrer perda de cabelo, alterações na textura do cabelo ou pêlos irregulares.

Psoríase do couro cabeludo e outras formas de psoríase

A psoríase do couro cabeludo não é distinta das outras formas de psoríase. Na verdade, pelo menos metade das pessoas que têm psoríase desenvolvem placas de psoríase no couro cabeludo.

Causas

Para a maioria das pessoas, algo desencadeia o sistema imunológico, causando manchas na psoríase.

Os gatilhos variam de pessoa para pessoa, mas alguns gatilhos comuns incluem:

  • estresse
  • ferimentos na pele
  • alguns medicamentos
  • infecções
  • queimadura de sol

Algumas pessoas também notam que a psoríase piora depois de comer determinados alimentos ou como resultado de alergias. A pesquisa ainda não provou conclusivamente que esses fatores podem desencadear a psoríase.

No entanto, os gatilhos por si só não causam psoríase. Pessoas sem um risco genético para a psoríase não desenvolvem psoríase mesmo quando estão estressadas, lesionam a pele ou contraem uma infecção.

Câncer de pele no couro cabeludo

O câncer de pele no couro cabeludo pode aparecer como:

  • uma mancha rosa que é plana ou levantada e pode sangrar facilmente
  • uma mancha áspera e escamosa que fica elevada, firme, vermelha e crocante
  • uma mancha marrom ou preta com bordas irregulares
  • um nódulo vermelho rosado

Se você estiver preocupado com manchas cutâneas incomuns no couro cabeludo, deve consultar um médico.

Outlook

Embora os remédios caseiros aplicados diretamente no couro cabeludo possam melhorar a aparência da psoríase, eles não curam a doença subjacente. Os patches continuarão voltando e podem piorar com cada surto.

Sem tratamento, a psoríase pode causar sérios problemas médicos, como doenças cardíacas. Então, as pessoas que experimentam sintomas de psoríase no couro cabeludo devem consultar um médico. Numerosos tratamentos podem retardar o progresso da doença e ajudar as pessoas com psoríase a levar uma vida normal e saudável.

Like this post? Please share to your friends: