Caros utilizadores! Todos os materiais neste site são traduções de outros idiomas. Pedimos desculpas pela qualidade dos textos, mas esperamos que venham a tirar partido deles. Com os melhores cumprimentos, A administração do site. E-mail: admin@ptmedbook.com

O que causa a pressão na bexiga?

Uma pessoa geralmente sente o desejo de urinar várias vezes ao dia. Pressão na bexiga provoca esse sentimento, que deve desaparecer depois que uma pessoa urina.

No entanto, algumas pessoas experimentam essa pressão constantemente, e isso pode parecer uma dor. Isso não é normal e é provavelmente causado por cistite intersticial. Esta condição é por vezes conhecida simplesmente como síndrome da dor da bexiga.

Aqui, analisamos as causas da cistite intersticial e os sintomas que podem acompanhar a pressão na bexiga. Também discutimos opções de tratamento e dicas de prevenção.

Causas da cistite intersticial

mulher sentada no chão com a lavagem segurando o lado da dor

A comunidade médica não tem certeza sobre o que causa a cistite intersticial ou a pressão da bexiga envolvida.

Normalmente, quando a bexiga se enche, envia sinais ao cérebro, dizendo para usar o banheiro. O corpo interpreta essa comunicação como a necessidade de urinar.

Os pesquisadores suspeitam que em pessoas que sofrem de pressão persistente da bexiga, os sinais para urinar são enviados com mais frequência do que o necessário.

Outras causas de pressão persistente da bexiga podem incluir:

  • alergias
  • infecções
  • genética
  • danos ao revestimento da bexiga
  • reações do sistema imune

Fatores de risco

Fatores contribuintes podem aumentar o risco de desenvolver cistite intersticial.

A condição é mais comum em adultos do que crianças, por exemplo. Além disso, duas vezes mais mulheres têm cistite intersticial do que os homens, de acordo com o Instituto Nacional de Diabetes e Doenças Digestivas e Renais nos Estados Unidos.

A presença de outras condições de saúde pode aumentar a probabilidade de desenvolver pressão vesical persistente. Essas condições incluem dor crônica ou fadiga e síndrome do intestino irritável.

Sintomas

O sintoma mais notável da cistite intersticial é a pressão na bexiga ou dor, que pode variar de leve a grave. A dor ou a pressão também podem ser constantes ou desaparecer e retornar.

Outros sintomas da cistite intersticial podem incluir:

  • um desejo constante de urinar
  • dor durante o sexo
  • desconforto pélvico
  • micção freqüente de baixo volume ao longo do dia

Uma pessoa pode facilmente confundir a cistite intersticial por uma infecção do trato urinário porque muitos sintomas são semelhantes.

No entanto, infecções do trato urinário também podem causar sintomas diferentes, e estes não devem ser ignorados. Eles incluem:

  • urina sangrenta, fedorenta ou turva
  • ardor ou dor durante a micção
  • uma necessidade urgente de urinar
  • uma febre baixa

Qualquer um que suspeite que tenha uma infecção do trato urinário deve procurar um médico.

Diagnóstico

amostra de urina

Uma pessoa com pressão da bexiga duradoura deve consultar um médico, que pode descartar uma infecção do trato urinário e diagnosticar a cistite intersticial.

O médico provavelmente testará uma amostra de urina e examinará a região pélvica. Se o médico não detectar nenhuma infecção, geralmente fará um exame físico e pedirá que a pessoa registre:

  • quantas bebidas eles bebem em um dia
  • com que frequência eles urinam
  • se sentem dor ou desconforto durante ou antes da micção

Traga este log para um compromisso de acompanhamento. Após a revisão, o médico pode solicitar um ou mais dos seguintes testes:

  • uma cistoscopia, na qual um tubo fino transportando uma câmera é inserido na bexiga
  • um teste de citologia de urina, que mostra se as células anormais estão na urina
  • estudos urodinâmicos, que medem a pressão quando a bexiga enche e esvazia

Um médico também pode coletar uma amostra de tecido do revestimento da bexiga para descartar o câncer.

Tratamento

O tratamento da pressão da bexiga geralmente varia de pessoa para pessoa. Uma pessoa pode discutir as seguintes opções com seu médico:

  • fisioterapia
  • anti-histamínico para ajudar com urgência
  • polissulfato de sódio pentosano, que pode bloquear irritantes na urina
  • antidepressivos tricíclicos, que podem relaxar a bexiga
  • medicamentos para a dor sem receita
  • cirurgia, em casos raros

Alguns medicamentos podem ser inseridos diretamente na bexiga.

Abaixo estão duas terapias adicionais que podem ajudar com a cistite intersticial.

Distensão da bexiga

A distensão da bexiga é usada para diagnosticar a cistite intersticial. Com a pessoa sob anestesia, o médico irá encher a bexiga com ar, o que pode aumentar a capacidade de urinar.

Estimulação nervosa

Um médico pode recomendar a estimulação elétrica nervosa transcutânea para aliviar a dor e a urgência.

Este procedimento ajuda a fortalecer os músculos ao redor da bexiga e pode manter os impulsos enviados da bexiga para o cérebro sob controle. Não é eficaz em todos os pacientes, no entanto.

Prevenção

mulher deitada na cama lendo

Mudanças básicas no estilo de vida podem prevenir a pressão persistente da bexiga.

A melhor dica é evitar alimentos e bebidas que desencadeiem essas sensações de pressão. Embora nenhuma ligação entre a dieta e a pressão da bexiga tenha sido comprovada, a pesquisa sugere fortemente isso.

Isso pode ajudar a evitar o seguinte:

  • bebidas com cafeína
  • Alimentos ricos em vitamina C
  • bebidas alcoólicas
  • adoçantes artificiais
  • alimentos em conserva
  • bebidas com gás
  • frutas cítricas

Uma pessoa pode querer identificar gatilhos de pressão da bexiga específicos para eles. Pode ajudar a manter um registro de cada refeição e se o sintoma estava presente.

Uma pessoa também pode reduzir ou impedir a pressão duradoura da bexiga:

  • evitando produtos de tabaco
  • acompanhamento da produção de urina e treinamento do corpo para urinar em horários específicos
  • vestindo roupas folgadas
  • exercício regularmente

Outlook

A cistite intersticial pode durar uma vida inteira, mas os tratamentos podem ajudar a aliviar os sintomas.

É essencial que as pessoas com pressão persistente na bexiga busquem diagnóstico e tratamento. Se não for tratada, a cistite intersticial pode levar a complicações posteriores.

Consulte um médico o mais rápido possível para descartar a presença de infecções ou condições mais graves.

Like this post? Please share to your friends: