Caros utilizadores! Todos os materiais neste site são traduções de outros idiomas. Pedimos desculpas pela qualidade dos textos, mas esperamos que venham a tirar partido deles. Com os melhores cumprimentos, A administração do site. E-mail: [email protected]

Névoa do cérebro: Causas e como lidar

Névoa do cérebro afeta uma variedade de processos mentais, incluindo memória e concentração. Pode ser um sintoma de uma condição médica ou pode estar relacionado a fatores de estilo de vida, como estresse ou dieta.

Descobrimos mais sobre as causas desse problema frustrante e sugerimos ideias de como lidar quando isso acontece.

O que é névoa cerebral?

Homem cobrindo os olhos com a mão, estressado, confuso, sofrendo perda de memória.

Névoa do cérebro pode fazer uma pessoa sentir como se os processos de pensar, entender e lembrar não estivessem funcionando como deveriam.

Funções cerebrais diferentes podem ser afetadas pela névoa cerebral, incluindo:

  • memória, que permite que as informações sejam armazenadas e recuperadas
  • a capacidade de usar e entender a linguagem
  • processamento de informações, que ajuda a entender e focar
  • habilidades visuais e espaciais usadas no desenho, reconhecendo formas e navegando no espaço
  • habilidades de cálculo
  • habilidades de funcionamento executivo usadas para organização, solução de problemas e planejamento

Se uma ou mais dessas funções forem prejudicadas, alguém pode ter dificuldade em entender, achar difícil concentrar-se ou concentrar-se, esquecer as coisas e sentir fadiga mental.

Névoa do cérebro e MS

A esclerose múltipla ou EM é uma condição vitalícia que afeta o cérebro e a medula espinhal, causando problemas de movimento, equilíbrio, visão e sensação.

MS pode causar áreas de inflamação e danos ou lesões no cérebro. Essas lesões podem afetar o funcionamento do cérebro.

As funções mais frequentemente afetadas pela EM são o processamento de informações, memória e habilidades de funcionamento executivo. Muitas pessoas que vivem com o MS experimentarão algumas mudanças em sua capacidade de tomar decisões e processar e lembrar informações.

Na maioria dos casos, essas alterações serão leves a moderadas e não afetarão a capacidade de uma pessoa de viver de forma independente. Eles podem, no entanto, causar alguma frustração ou dificuldade em completar tarefas diárias, como encontrar chaves de casa ou comprar mantimentos.

Há várias estratégias que podem ajudar alguém que vive com a MS a manter suas habilidades de memória e processamento de informações, incluindo:

  • Evitar distrações, encontrar um espaço silencioso para se concentrar nas tarefas e fazer intervalos regulares para ajudar no foco.
  • Pedir à família e aos amigos que falem mais devagar e permitam tempo extra para processar informações.
  • Usando técnicas de organização, como manter um diário ou fazer listas.
  • Encontrar algum lugar memorável em casa para guardar itens importantes, como chaves, que podem ser facilmente perdidos.

Essas estratégias devem reduzir o estresse e a frustração da névoa cerebral quando ela ocorre.

Outras causas médicas

Mulher deprimida, sentado contra a parede e segurando a cabeça na mão.

Além do MS, várias outras condições médicas podem causar nevoeiro cerebral.

As condições de longo prazo, como a fibromialgia, que causa dor em todo o corpo, ou a síndrome da fadiga crônica, que resulta em cansaço grave, geralmente causam problemas de concentração ou memória.

A depressão é um grave transtorno de humor que afeta como alguém pensa e sente. Problemas com memória, foco e tomada de decisão podem contribuir para a sensação de nevoeiro cerebral.

Uma pessoa com depressão também pode ter problemas para dormir e não ter energia, o que pode dificultar a concentração e a conclusão das tarefas.

Anemia por deficiência de ferro é uma condição que afeta as células vermelhas do sangue no corpo. Se os glóbulos vermelhos não fornecerem oxigênio suficiente aos órgãos e tecidos, uma pessoa pode sentir cansaço mental e físico, juntamente com outros sintomas, como falta de ar.

Disfunções tireoidianas, como hipotireoidismo e doença de Hashimoto, também podem causar nevoeiro cerebral. As pessoas mais velhas com condições de tireóide são particularmente suscetíveis a problemas com a memória.

A alteração dos níveis hormonais também pode afetar o funcionamento do cérebro, especialmente durante a gravidez ou a menopausa. Um pequeno estudo descobriu que o hormônio muda durante a transição da menopausa, tornando mais difícil para as mulheres absorverem e lembrarem-se de novas informações, e para focar sua atenção em tarefas desafiadoras.

Alguns medicamentos também podem afetar o funcionamento mental. Os medicamentos quimioterápicos têm muitos efeitos colaterais, incluindo a memória e a concentração de uma pessoa. Pílulas para dormir podem ter um impacto na memória de curto prazo, e alguns antidepressivos podem causar confusão mental.

Uma pessoa deve falar com um médico sobre quaisquer efeitos colaterais adversos que eles estão experimentando de um medicamento. Se a medicação não puder ser alterada, o médico pode ajudar a desenvolver estratégias de enfrentamento para a névoa cerebral.

Causas do estilo de vida

Névoa do cérebro muitas vezes pode ser o resultado de fatores de estilo de vida que afetam o quão bem o cérebro funciona. A vida moderna e um calendário movimentado podem significar que o cérebro pode não descansar o suficiente para funcionar no seu melhor.

Causas da névoa do cérebro que se relacionam com o estilo de vida de alguém incluem:

  • estresse
  • falta de dormir
  • dieta
  • baixa energia da inatividade física

Se o estresse constante e a dificuldade em dormir estão afetando a memória e a concentração de alguém, fazer algumas mudanças no estilo de vida pode ajudar a superar esses problemas.

Alterações na dieta e exercício também podem aumentar os níveis de energia de uma pessoa e melhorar o foco mental.

Tratamento

Mulher na sessão de terapia que fala ao conselheiro.

O tratamento para a névoa cerebral dependerá da causa. Se alguém tem EM, o médico pode trabalhar com eles para desenvolver um plano de cuidados que inclua medicamentos, fisioterapia e autocuidado por meio de dieta e exercícios.

Outras condições médicas, como a anemia, devem ser tratadas por um médico. O nevoeiro cerebral geralmente diminui quando a condição subjacente melhora.

Se uma pessoa está experimentando uma névoa cerebral como um sintoma de depressão, um médico pode recomendar terapia cognitivo-comportamental ou TCC, exercícios ou até mesmo uma mudança na medicação.

Fazer algumas mudanças simples no estilo de vida pode ajudar a reduzir ou eliminar a névoa cerebral, se não for causada por uma condição médica.

Reduzir o estresse nem sempre é fácil, mas uma pessoa pode começar identificando a causa, como dinheiro ou preocupações com o relacionamento.

Se alguém está se sentindo estressado por ter passado muito tempo, pode ser útil entregar algumas tarefas a alguém ou melhorar as habilidades de gerenciamento do tempo.

Dormir o suficiente é crucial para manter uma boa função cerebral, já que a fadiga afeta a concentração e o foco. Uma pessoa deve procurar ir para a cama e levantar-se à mesma hora todos os dias, relaxar antes de ir para a cama e tentar fazer do quarto um lugar calmo e tranquilo.

O exercício regular pode reduzir o estresse e aumentar os níveis de energia, os quais podem melhorar o foco mental.

Adicionar exercícios a uma rotina diária pode ser tão simples quanto dar um passeio durante o almoço ou pedalar para o trabalho em vez de dirigir.

Participar de hobbies e passar tempo com a família e os amigos pode ser uma boa maneira de se sentir mais relaxado. A atenção plena é outro método que pode ajudar a reduzir o estresse e aumentar o relaxamento, de modo que o pensamento de uma pessoa se torne mais claro.

Dieta pode ter um impacto sobre os níveis de energia, e muitas pessoas vão reconhecer a sensação de perder a concentração se não tiverem comido por algum tempo. Comer refeições nutritivas e lanches regularmente ao longo do dia pode ajudar a reduzir a névoa cerebral.

A cafeína e o álcool podem causar dificuldades para dormir e colapsos de energia, de modo que uma pessoa pode desejar reduzir seu consumo se eles tiverem dificuldades para dormir ou tiverem dificuldade para se concentrar.

Estratégias para ajudar com a memória e a concentração podem tornar a situação mais administrável nos casos em que a névoa cerebral faz parte de uma condição de longo prazo.

Quando ver um médico

Uma pessoa deve consultar um médico se estiver experimentando outros sintomas além do nevoeiro cerebral, pois pode ter uma condição médica subjacente.

Melhorar a dieta, dormir o suficiente e reduzir o estresse deve melhorar os sintomas de uma pessoa se os fatores do estilo de vida estiverem causando nevoeiro cerebral.

Se as mudanças no estilo de vida não melhorarem a função cerebral e os sintomas persistirem ou piorarem, eles devem falar com um médico. Um médico geralmente pedirá informações sobre sua saúde mental, dieta e outros sintomas antes de considerar fazer mais testes de diagnóstico.

Outlook

Névoa cerebral associada a estresse, má alimentação ou falta de sono deve desaparecer quando esses problemas forem resolvidos.

Se problemas com a função cerebral são um sintoma de uma condição médica, eles devem melhorar uma vez que seja diagnosticado e receber a devida atenção e tratamento.

Em alguns casos, a névoa cerebral pode ser um problema de longo prazo associado a uma doença em curso, como a esclerose múltipla.

Finalmente, muitas estratégias podem ajudar a reduzir o impacto dos lapsos de memória ou a dificuldade de se concentrar, inclusive fazendo listas, aderindo às rotinas e explicando aos amigos e familiares como eles podem ajudar.

Like this post? Please share to your friends: