Caros utilizadores! Todos os materiais neste site são traduções de outros idiomas. Pedimos desculpas pela qualidade dos textos, mas esperamos que venham a tirar partido deles. Com os melhores cumprimentos, A administração do site. E-mail: admin@ptmedbook.com

Cannabis ajuda a tratar a psoríase?

A psoríase é uma doença da pele que leva a um acúmulo de células da pele que formam manchas vermelhas cobertas por escamas prateadas. A cannabis pode ser um tratamento eficaz para esta condição dolorosa e com comichão?

Nos últimos anos, cientistas investigaram os benefícios terapêuticos da cannabis, que é frequentemente considerada uma droga recreativa. Os elementos ativos da cannabis são conhecidos como canabinóides e são fundamentais para seus benefícios potenciais à saúde.

Este artigo explora os benefícios para a saúde da cannabis para a psoríase, conforme comprovado por evidências científicas. Também abrange os riscos que uma pessoa deve considerar antes de usar a cannabis como tratamento para a psoríase.

O que é psoríase?

Cannabis para psoríase

A psoríase é uma condição cutânea com comichão e dor. Um problema com o sistema imunológico faz com que muitas células da pele se desenvolvam, que se acumulam na superfície antes de amadurecerem. Essas células da pele formam manchas vermelhas cobertas por escamas prateadas.

Às vezes, a pele afetada pode rachar e sangrar. Alguém com psoríase também pode experimentar inflamação e inchaço em outras partes do corpo.

Até 30 por cento das pessoas com psoríase desenvolvem artrite psoriática, o que leva a articulações rígidas e inflamadas.

Atualmente não há cura para a psoríase, mas ela pode ser tratada com o tratamento correto. Alguns tratamentos têm efeitos colaterais e outros se tornam menos eficazes com o tempo. Assim, os cientistas estão sempre procurando novas maneiras de as pessoas administrarem sua condição.

Potenciais benefícios da cannabis para a psoríase

Cannabis contém produtos químicos chamados canabinóides que também são produzidos naturalmente pelo corpo humano.

No corpo, mensageiros químicos chamados endocanabinóides desempenham um papel em certas funções, incluindo:

  • imunidade
  • inflamação
  • apetite
  • humor
  • fertilidade
  • pressão ocular

Quando uma pessoa toma cannabis, os canabinóides podem afetar algumas dessas funções corporais.

Pesquisadores descobriram uma série de potenciais benefícios para a saúde de canabinóides, incluindo:

Reduzindo a inflamação

A inflamação é um sintoma da psoríase e da artrite psoriática.

Um estudo de 2009 descobriu que os canabinóides contidos na cannabis podem ajudar a regular o sistema imunológico e reduzir a inflamação.

Diminuindo o crescimento de células

Em pessoas com psoríase, as células da pele são produzidas muito rapidamente devido a um problema com o sistema imunológico. Essas células em excesso se acumulam na superfície da pele em manchas escamosas.

Os canabinóides podem ajudar a retardar o crescimento das células da pele e ajudam a reduzir o acúmulo na superfície da pele.

Um estudo de 2007 descobriu que os canabinóides retardam o crescimento de células chamadas queratinócitos na camada externa da pele. Por este motivo, uma revisão feita em 2016 sugeriu que a cannabis pode ser um tratamento útil para a psoríase.

Controlando a dor

Cannabis pode ajudar a reduzir a dor. Um artigo de 2015 observou que há evidências científicas significativas das qualidades de canabinóides que aliviam a dor.

Estas qualidades podem tornar a cannabis benéfica para as pessoas com psoríase e artrite psoriática, ajudando-as a controlar a dor e o desconforto.

Reduzindo a coceira

Os canabinóides na cannabis podem aliviar a comichão associada às condições da pele, como a psoríase.

Uma revisão de 2017 que explorou a relevância da cannabis na dermatologia observou que o alívio da coceira era um dos papéis mais promissores dos canabinóides.

Cicatrizando feridas

Um dos sintomas mais dolorosos da psoríase é o craqueamento e subsequente sangramento das manchas da pele afetadas.

Um estudo de 2016, usando ratos, descobriu que as recepções canabinóides desempenham um papel no reparo de feridas. No futuro, a cannabis pode ser usada para ajudar a curar feridas abertas causadas pela psoríase.

Psoríase e saúde mental

A psoríase é uma condição de longo prazo sem cura conhecida, até o momento. Com o tempo, a psoríase pode ter um impacto negativo no bem-estar mental de uma pessoa.

O estresse pode ser um gatilho para os surtos de psoríase. Existem também associações entre psoríase e depressão e entre depressão e inflamação de forma mais geral.

Riscos e considerações

Doutor, segurando, cannabis

É uma boa ideia para uma pessoa discutir com um médico o uso de cannabis para a psoríase antes de iniciar o tratamento.

É importante lembrar que a cannabis medicinal é apenas legal em alguns estados. As pessoas que procuram usar cannabis para a psoríase devem verificar as leis locais para tomar uma decisão informada sobre a sua utilização.

A melhor maneira de usar cannabis para tratar a psoríase é como uma tintura ou óleo aplicado na pele.

O fumo de cannabis deve ser evitado, pois pode agravar as condições da pele, libertando no ar substâncias químicas nocivas para a pele.

A cannabis também está disponível como inalador ou vaporizador. Há muito pouca pesquisa sobre a segurança de tomar o medicamento nessas formas, por isso é melhor usá-lo com cautela e apenas com o conselho de um médico.

Leve embora

Cannabis mostra promessa como um tratamento para a psoríase. Os efeitos positivos dos canabinóides no sistema imunológico e nos receptores de dor significam que a cannabis pode proporcionar alívio dos sintomas da psoríase.

Como acontece com qualquer novo tratamento, as pessoas que pensam em usar cannabis para tratar a psoríase devem discuti-la com seu médico e consultar as leis locais sobre cannabis e uso de canabinóides.

É importante lembrar que a cannabis medicinal é um tratamento complementar, por isso deve ser usado como parte de um plano de tratamento mais amplo.

Like this post? Please share to your friends: